Pesquise por aqui

Páginas

Era uma vez...

Existe um ditado que diz "...Presente de Grego...", bom eu mudaria para "...Presente de Sogra...", pois foi por causa dela que comecei a bordar e o crochê veio mais por necessidade. Minha querida mãe, a Dona Deyse, que era uma excelente costureira, onde estiver deve estar muito orgulhosa de mim e fico muito feliz com isso.
Sempre fui muito prática e sinceramente nunca me imaginei  segurando uma agulha de crochê, muito menos bordando alguma coisa, por mais simples que fosse, e hoje bordo e dou as minhas crochetadas por ai, estou até aprendendo a costurar, acreditem.
Não gosto muito de escrever, acho que não nasci pra tal, mas como o bordado e o crochê talvez comece a gostar também, mas meu marido e meu filho muito inssistiram que aqui estou.
Mas isso tudo agradeço a minha sogra D. Ignês, minhas cunhadas Lígia e Elisabeth, que me ensinaram muito, meu pai Lucindo que está sempre investindo em mim, meu maridão Alan que não me da um minuto de sossego sempre dizendo "... amor você podia fazer isso ou aquilo...", meus amigos e irmãos Alexandre e Juliana e as inspirações e intuições de minha mãe querida. Não poderia deixar de falar neles e agradecer a ajuda e ao apoio dos meus filhos queridos Amanda Eloá, Ian Nicollas e Anna Carolina, bjusss da mamãe.
É por todos vocês que aqui vou eu, crochetando, bordando, costurando e blogando... até mais.

3 Vamos lá, Comente:

@lexandre XXI

Ai ela é perfeita, só nao é mais perfeita pq eu sou o cacula!!!! Amo de mais essa palhacita \O/

Alan Cavallari

É isso ai mulher, vamos crochetar. Parabéns, te amo!!!!!!

b

Orgulhosa de pertencer a essa família.

Amo vcs!!

Postar um comentário